A eficiencia da segurança da carga depende do tipo de mercadoria, começando, desde logo, pela embalagem correta e adequada ao transporte, bem como pelo carregamento, acondicionamento e segurança da mercadoria. Apenas a mercadoria bem embalada e acondicionada pode ser assegurada e transportada com a devida segurança.

Tipos de segurança da carga

A segurança da carga por união positiva

Segurança da carga por união positiva: proteção na direção de condução com paletes Segurança da carga por união positiva: proteção na direção de condução com paletes

No caso da segurança da carga por união positiva, a mercadoria é diretamente carregada e sem espaços de carga no limite do espaço de carga (parede frontal, parede lateral, separadores etc.).
O carregamento por união positiva aplica-se em combinação com reboques XL enquanto método especialmente eficiente da segurança de carga.


Caso tal nao seja possivel devido a natureza da mercadoria, o acondicionamento por uniao positiva podera ser efetuado recorrendo-se ao auxilio de cintas e meios auxiliares.

Conexão friccional mediante amarração Conexão friccional mediante amarração

A segurança da carga por conexão friccional

No caso da segurança da carga por conexão friccional, a força do peso é elevada através da amarração transversal da mesma, obtendo-se assim uma melhor segurança da carga.


Tal é alcançado, p. ex., através da amarração com cintas.

Combinação entre união positiva e conexão friccional Combinação entre união positiva e conexão friccional

A segurança da carga combinada

No caso da segurança da carga combinada, são combinados elementos de segurança da carga por união positiva e conexão friccional. A mercadoria é, p. ex., carregada na extremidade frontal e amarrada com cintas por meio de união positiva e conexão friccional. Na prática, este é um método frequentemente utilizado na segurança da carga.


As imagens aqui impressas são imagens simbólicas. Solicite fichas informativas com exemplos práticos concretos, de acordo com a norma EN 12195-1, relativamente aos vários métodos de segurança da carga para diferentes grupos de produto à sua pessoa de contacto.

Videoclipe "Tipos de segurança da carga"

Tipos de segurança da carga play
True
http://www.lkw-walter.pt/-/m/images/lkw/transportunternehmer/lkw-walter-video-arten.jpg

Princípios físicos da segurança da carga

Efeito de forças sobre a mercadoria no transporte por estrada

Numa condução normal (aí incluem-se também travagens a fundo, aceleramentos, manobras de desvio e más condições das estradas) existem enormes forças que influenciam a mercadoria.


Exemplo: 0,5 G para o lado, significa que uma mercadoria com 10 to de peso individual pode pressionar a lona com forças até 5 to de peso: 0,5 G = 50 % do peso individual.



Efeito de forças sobre a mercadoria no transporte por estrada

Valor de fricção µ (mü)

 

Quando a carga se encontra sobre a superfície de carga, forma-se fricção entre a mercadoria e o pavimento do reboque que é expressa pelo valor de fricção. Este serve para calcular a capacidade de deslizamento da carga e a quantidade necessária de cintas.

Cintas e meios auxiliares para a segurança da carga

A quantidade suficiente de meios de segurança de carga (cintos, protetores de cantos, esteiras antiderrapantes) e o seu respetivo estado irrepreensível constituem a condição base para uma segurança da carga de forma efetiva.
Cinta com roquete de alavanca longa Cinta com roquete de alavanca longa Equipamento de medição de pré-tensão Equipamento de medição de pré-tensão

Cintas e equipamento de medição de pré-tensão

As cintas servem, principalmente, para o estabelecimento de uma segurança da carga por meio de bloqueio e forma no veículo. Através da amarração transversal aumenta-se a força do peso e alcança-se uma segurança da carga melhor. Em princípio distingue-se entre o seguinte:

  • Roquete de alavanca curta com aprox. 350 daN (kg) de força de tensão
  • Roquete de alavanca longa com aprox. 500 daN (kg) de força de tensão

A força de tensão efetiva depende, em princípio, da força com a qual a cinta é puxada por meio do roquete. Por isso, a força de tensão efetivamente alcançada apenas pode ser apurada através de um equipamento de medição de pré-tensão.

Videoclipe "Manuseamentode cintas"

Manuseamentode cintas play
True
http://www.lkw-walter.pt/-/m/images/lkw/transportunternehmer/lkw-walter-video-spanngurte.jpg

Meios auxiliares: esteiras antiderrapantes e protetores de cantos

Em princípio, as esteiras antiderrapantes aumentam o valor de fricção. Porém, esta característica representa um benefício apenas para determinados produtos no que diz respeito à segurança da carga. No caso de outros produtos, a sua utilização poderá até ter efeitos negativos (p. ex. mercadoria desliza sobre a palete, aumenta o efeito de inclinação).

Os protetores de cantos não só protegem a mercadoria e a cinta, como também são um meio auxiliar eficiente da segurança da carga. Os mesmo distribuem a força da pré-tensão de forma uniforme.

A LKW WALTER utiliza 20 cintas como equipamento padrão. Não existem tapetes antiderrapantes nem protetores de cantos enquanto produtos padrão. O cliente deverá definir, dependendo da aplicação, que produto com que característica irá ser necessário.

As responsabilidades na segurança da carga

CMR

O CMR é o documento legal mais importante para a execução de transportes internacionais e regula também as responsabilidades na segurança da carga.


Artigo 17.4 b. e c.

O transportador (...) fica isento da sua responsabilidade quando a perda ou avaria resultar dos riscos particulares inerentes a um ou mais dos factos seguintes:

  1. Falta ou defeito da embalagem quanto às mercadorias que, pela sua natureza, estão sujeitas a perdas ou avarias quando não estão embaladas ou são mal embaladas.
  2. Manutenção, carga, arrumação ou descarga da mercadoria pelo expedidor ou pelo destinatário ou por pessoas que atuem por conta do expedidor ou do destinatário.
As responsabilidades na segurança da carga

As responsabilidades da segurança da carga são reguladas através de vários documentos legais. No essencial, a responsabilidade pela segurança da carga correta é partilhada entre o responsável pela carga (pessoal de carga) e o transportador (motorista).


Carregamento seguro de transporte

  • A mercadoria e a respetiva embalagem devem estar em bom estado e adequar-se ao transporte (unidade de embalagem estável).
  • As paletes utilizadas ou outros meios auxliares de carga devem estar tecnicamente em excelentes condições.
  • A carga deverá ser acondicionada e segura de modo a que não possa deslizar, a que sejam evitados danos e a que se exclua a possibilidade de acidente ou queda do veículo.

Carregamento de funcionamento seguro

  • Cumprimento do peso total admissível
  • Cumprimentos das cargas axiais admissíveis
  • Cumprimento das dimensões admissíveis do veículo incl. a carga
  • Controlo das medidas de segurança de carga, ao longo da viagem, relativamente à sua eficácia, p. ex., reajuste dos meios de amarração
  • As funções do veículo não podem ser impedidas (acondicionamento unilateral, carregamento exercendo carga numa extremidade)

Normas da segurança da carga

As normas EN são aplicáveis em toda a Europa. Através das mesmas é definido um padrão internacional para a segurança da carga, uniforme e devida.

As normas mais comuns no nosso âmbito de aplicação são:

  • DIN EN 12195-1:2014 Determinação da segurança de carga correta
  • DIN EN 12642 Carroçarias (L-/‚normal‘ ou reboques XL)
  • DIN EN 12640 Pontos de amarração (p. ex. força de fixação e disposição das argolas de amarração no reboque)
Transporte combinado Transporte combinado

Segurança da carga no transporte combinado

No transporte combinado, a carga deverá ser protegida contra as forças mais fortes exercidas em ambas as direcções de circulação (comboio - 1 G) e de lado (ferry 0,7 G) contra o deslizamento. Os reboques/caixas móveis são carregados no transporte ferroviário quer no sentido, quer contra o sentido de circulação do vagão.

Reboque XL versos reboque standard

Contrariamente ao reboque standard, o reboque XL apresenta caracaterísticas na segurança da carga que suportam positivamente a segurança da carga, p. ex., parede frontal reforçada, montagem mais resistente e lonas laterais reforçadas. A nossa frota individual transportável por grua consiste exclusivamente am reboques XL.

Especialistas no tema da segurança da carga

O acondicionamento e a protecção seguros para transporte são da competência do responsável de carga que conhece a mercadoria e a embalagem!


A LKW WALTER não dá QUAISQUER sugestões de peritagem e NÃO aconselha o cliente ou responsável de carga no que diz respeito às medidas otimizadas e corretas de segurança de carga!


A segurança de carga correta depende da natureza da mercadoria e da embalagem. Portanto, deixe-se aconselhar pessoalmente por um especialista em segurança de carga, tendo em vista o seu produto.

  • TÜV
  • DEKRA
  • ÖAMTC
  • Comissão Europeia
  • Peritos em seguros
  • Empresa de consultoria Segurança da carga

Outras informações:

^ - Top

Este website utiliza cookies para lhe garantir a melhor experiência possível, como utilizador. Através da utilização do website aprova o armazenamento de cookies. Poderá obter informações adicionais em: Condições de utilização