No nosso glossário encontrará todos os termos importantes à volta do tema do transporte. Informe-se agora!

A

  • ADR

    ADR = Accord européen sur le transport de marchandises Dangereuses sur Route

    Trata-se de uma convenção internacional relativa ao transporte por estrada de mercadorias perigosas.
  • Alçapão porta-bobinas

    Os rolos de chapa e de aço são igualmente designados de bobinas. De modo a carregar essas bobinas (rolos, que podem pesar várias toneladas) de forma segura, é necessária uma embalagem correspondente (suporte) ou um reboque com alçapão porta-bobinas.
    O alçapão consiste num rebaixamento do pavimento que pode ser coberto no reboque em cerca de 5 a 8,5 m de comprimento. Estando o alçapão coberto, é também possível carregar qualquer outro tipo de mercadoria nesses camiões.



    Frota de reboques da LKW WALTER

  • Altura de carga

    Altura de carga lateral: altura até à qual é possível carregar o reboque pela parte lateral.
    Altura de carga traseira: altura até à qual é possível carregar o reboque pela parte de trás.
  • Amarração em laço lateral

    É também designada de amarração envolvente. Método de segurança da carga por união positiva para a proteção contra acelerações transversais (contra forças exercidas que ocorrem lateralmente). É utilizado na indústria química.



    Ver também União positiva.

  • AÖSp

    AÖSp = Allgemeine Österreichische Spediteursbedingungen (Condições Gerais dos Expeditores Austríacos)



    A validade da AÖSp esta pendente de um mutuo acordo. Eles regulamentam entre outros a relação jurídica entre o empregador e o transitário sobre a responsabilidade do ultimo

  • Autorização CEMT

    CEMT = Conférence Européenne des Ministres des Transports (Conferência Europeia dos Ministros dos Transportes)

    O número e a distribuição das autorizações CEMT em vários países são determinados todos os anos com base numa resolução da Conferência Europeia dos Ministros dos Transportes (Fórum Internacional dos Transportes - FIT). Esta autorização permite a execução de transportes rodoviários comerciais entre cerca de 45 estados membros da CEMT.
  • Avaria grave

    Expressão para acontecimentos ou ocorrências extraordinárias no transporte fluvial ou marítimo.
    São gastos relativos às ações que, em caso de avarias graves, levem ao salvamento do barco e da carga de um risco comum, sendo os respetivos custos da responsabilidade do proprietário do barco e da carga/frete em partes iguais.

B

  • BAG

    Deutsches Bundesamt für Güterverkehr (Direção Federal para o Transporte de Mercadorias) (www.bag.bund.de)
  • Barras transversais

    AAs barras transversais fazem parte dos elementos de segurança da carga. As mesmas são também designadas de placas de fixação ou proteções/travamentos de parede divisória. Elas servem a segurança da carga por união positiva, devendo evitar o deslizamento da mercadoria para a frente ou para trás.
  • Bolsa de carga

    Numa bolsa de carga são negociadas (normalmente online) cargas e transportes entre os oferentes de mercadoria de transporte e os oferentes de espaço de carga.

C

  • Cabotagem

    Designa-se por cabotagem a prestação de serviços de transporte dentro de um país através de uma transportadora estrangeira.
  • Caderneta TIR

    A caderneta TIR consiste num documento de trânsito com o âmbito mais amplo de aplicação. Além das fronteiras da UE, o mesmo é válido no Leste, no Próximo e Médio Oriente. A IRU (União Internacional dos Transportes Rodoviários) organiza o sistema da caderneta TIR e assume na UE e noutros estados-membro dos TIR a responsabilidade pelas contribuições aduaneiras até um máx. de € 100.000,00 / Caderneta TIR. Em alguns estados membros dos TIR é aplicada uma quantia de garantia limitada de no máx. € 60.000,00 / Caderneta TIR.
  • Camião Mega

    O reboque mega é um reboque com uma altura interior de 3 m.
  • Cantoneiras

    Segurança da carga em diferentes execuções (plástico, cartão...), que protege a mercadoria e a cinta contra danos.
  • Carga completa

    Uma carga completa consiste numa carga total do camião que, em princípio, se destina a um único destinatário. O respetivo termo internacional é "FTL" - Full Truck Load.
  • Checkpoint

    Designamos de Checkpoint uma empresa contratada pela LKW WALTER para a qual são enviados camiões para controlo antes de seguirem para o local de carga ou de descarga. Neste controlo, o pessoal qualificado verifica, entre outras coisas, o estado técnico do veículo, a disponibilidade dos meios de carga necessários (p. ex. cintas), o equipamento de proteção individual do motorista e o seu grau de conhecimento quanto aos respetivos requisitos do local de carga/descarga no que diz respeito à segurança das instalações.
  • CIM

    CIM = Règles uniformes concernant le Contrat de transport international ferroviaire des marchandises

    As CIM são normas regulamentares uniformes para o contrato relativo ao transporte ferroviário internacional de mercadorias e encontram-se no anexo B da COTIF.



    Ver também COTIF.

  • Cintas

    As cintas servem para a fixação e a segurança da mercadoria.
    Em princípio faz-se a distinção entre cintas com roquete de alavanca curta (aprox. 350 daN de força de tensão) e cintas com roquete de alavanca longa (aprox. 500 daN de força de tensão).
  • Classes de emissão EURO (2, 3, 4, 5, 6)

    As classes de emissão EURO 2, 3, 4, 5 ou 6 significam as diferentes classes de motores de camiões com emissão reduzida de ruído e de carbono.
    A LKW WALTER recorre crescentemente a parceiros de transporte com equipamento amigo do ambiente, a partir da classe EURO 4.
  • CMR

    CMR = Convention relative au contrat de transport internationale de Marchandises par Route

    O CMR é uma convenção relativa ao contrato de transporte internacional de mercadorias por estrada. As disposições constantes na convenção CMR são obrigatoriamente aplicáveis entre todos os estados contratantes no transporte de mercadorias por estrada, transfronteiriço.
  • Code of Conduct

    Um "Code of Conduct" ou "Código de Conduta" consiste numa reunião de modos de comportamento necessários em diferentes situações e contextos, a cujo cumprimento as empresas normalmente se comprometem de forma voluntária.
    O WALTER GROUP desenvolveu um "Code of Conduct" próprio, que serve aos nossos colaboradores e funcionários com cargos de chefia enquanto diretiva para as respetivas decisões e gestão empreendedora.



    Code of Conduct (PDF)

  • Conexão friccional

    A conexão friccional é um tipo de segurança da carga.

    No caso da segurança da carga por conexão friccional, a força do peso é elevada através da amarração transversal da mesma, obtendo-se assim uma melhor segurança da carga.

    Tal é alcançado, p. ex., através da amarração com cintas.



    Tipos de segurança da carga

  • CONNECT

    O CONNECT é o nosso portal online para clientes, pelo qual é possível realizar ordens de transporte confortavelmente, através de um clique no rato. Outras características: vista geral atual das ordens de transporte e disponibilização de informações adicionais úteis.

    Demonstração


    Portal do cliente CONNECT

  • COTIF

    COTIF = Convention relative aux transports internationaux ferroviaries

    Trata-se da convenção relativa aos transportes internacionais ferroviários. Tal diz respeito aos transportes transfronteiriços, quer de mercadorias, quer de pessoas. (www.cit-rail.org/en/rail-transport-law/cotif/)
  • Cross-Lashing

    Método de segurança da carga por união positiva para a proteção contra acelerações laterais (contra forças exercidas lateralmente). É utilizado na indústria química.



    Ver também União positiva.

D

  • daN

    daN significa Decanewton. O Newton [ˈnjuːtn] (símbolo de unidade N) é a unidade de medida utilizada no sistema de unidades internacional (SI) para a grandeza física da força. O daN é uma unidade que é, p. ex., utilizada na segurança da carga para a indicação da capacidade de carga ou da resistência à rutura de cabos ou cintas. A mesma corresponde aproximadamente à força de peso exercida sobre uma massa de 1 kg. Portanto, um cabo com uma carga de rutura de 1.000 daN poderá suportar apenas 1.000 kg.
  • Voluminosidade

    A voluminosidade é a relação entre o volume em m3 e o peso em t.

E

  • ECTA

    A "European Chemical Transport Association" (Associação Europeia de Transporte de Químicos) é a associação de empresas europeias de transporte terrestre que tem como objetivo a melhoria dos padrões da eficiência na execução dos transportes, da segurança, da qualidade, do ambiente e de aspetos sociais no transporte de produtos químicos na Europa. A ECTA é ainda uma associação promotora do programa "Responsible Care Initiative" para o sector de transporte terrestre europeu. (www.ecta.com)
  • EN 12195-1

    Norma vinculativa a nível europeu para o cálculo das forças de segurança na segurança da carga; válida para veículos a partir de um peso total de 3,5 t.

    Normas da segurança da carga

  • EN 12642 XL

    EN 12642 XL é um termo da segurança da carga. Trata-se da norma europeia para carroçarias reforçadas. As carroçarias XL satisfazem essa norma (carroçarias reforçadas). Toda a frota de reboques da LKW WALTER para o transporte combinado dispõe da norma EN 12642 XL.

F

  • FBL

    FBL = FIATA Multimodal Transport Bill of Lading (Encaminhamento de Documentos de Carga)

    O FBL é um documento de aquisição, seguro e mercadorias. Quem tiver o documento em mãos é o titular de direito da mercadoria.
  • FCR

    FCR = Forwarding Agent's Certificate of Receipt (Encaminhamento de Certificado de Receção)

    Trata-se da confirmação de receção do expedidor (um documento de transporte que pertence ao próprio expedidor com carácter de comprovativo).
  • FIATA

    FIATA = Fédération Internationale des Associations de Transitaires et Assimilés

    A FIATA é a "Federação Internacional das Associações de Transitários" fundada a 31 de Maio de 1926 em Viena. A mesma tem cerca de 40.000 membros (transitários) em 150 países. A FIATA dispõe de um estatuto de consultor na ONU e tem o seu gabinete central em Zurique.
  • FTL

    FTL é a abreviatura inglesa de "Full Truck Load" (carga completa).



    Ver também Carga completa.

G

  • Global Compact

    O Global Compact é a maior Iniciativa de Sustentabilidade Corporativa a nível mundial sob a égide das Nações Unidades. Esta consiste num apelo às empresas no sentido de as mesmas orientarem as suas estratégias e ações de acordo com os princípios universais em matéria de direitos humanos, trabalho, ambiente e anti-corrupção, além de tomarem medidas que promovam os objetivos sociais. (www.unglobalcompact.org/what-is-gc)
  • GREEN transport

    O "GREEN transport" consiste numa marca da LKW WALTER, na qual se encontram resumidas todas as nossas atividades para a redução das emissões poluentes nos transporte.



    GREEN transport

  • GZA

    GZA = "Grundlagen der Zusammenarbeit" (Princípios de base da cooperação)

    São a base para a cooperação futura com os nossos parceiros de transporte.

H

  • HACCP

    HACCP = Hazard Analysis and Critical Control Points (Análise de Perigos e Controlo de Pontos Críticos)

    É um sistema de gestão orientado para medidas preventivas. O mesmo serve para identificar, avaliar e dominar perigos significativos para a saúde, que podem surgir durante a realização do transporte de produtos alimentares. O objetivo consiste em proporcionar a maior segurança do produto possível e garantir a proteção do consumidor final.

I

  • Incoterms

    Os Incoterms (International Commercial Terms) são termos comerciais internacionais standardizados. Estes são redigidos e publicados pela Câmara do Comércio Internacional (atualmente: Incoterms 2010). As partes numa operação comercial (vendedor, comprador) podem acordar uma cláusula relativamente a estes Incoterms. Com o auxílio dos Incoterms ficam reguladas as obrigações essenciais do vendedor e do comprador, em especial, a transferência de riscos e os custos do fornecimento entre as partes comerciais.



    Incoterms

  • IRU

    IRU = International Road Transport Union

    A IRU (União Internacional dos Transportes Rodoviários) com sede em Genebra representa no geral os interesses da economia dos transportes por estrada e é o organizador do sistema da caderneta TIR.
  • ISO

    ISO = "International Organization for Standardization"

    Desde 1992 que a LKW WALTER possui a certificação da qualidade de acordo com a norma ISO 9001:2008 e, desde 2016, a certificação ambiental de acordo com a norma ISO 14001:2004.



    Certificado ISO (PDF)

J

  • Joloda

    Marca protegida. Termo proveniente do inventor e fundador da empresa Johnstone George. JOLODA corresponde a um sistema de carga em reboques que poupa tempo e esforço, sendo especialmente utilizado para o transporte de produtos de papel.

L

  • Lei alemã sobre o rendimento mínimo (MiLog).

    Lei alemã para a regulação do rendimento mínimo geral.
    Estipula na Alemanha desde 1/1/2015 um rendimento mínimo legalmente prescrito a nível nacional.
  • Ligação EDI

    EDI significa Electronic Data Interchange = Intercâmbio eletrónico de dados



    Electronic Data Interchange (EDI)

  • Livrete ATA

    O livrete ATA é emitido pelas Câmaras de Comércio nacionais e pode ser designado de documento de registo internacional.
    O mesmo serve para o desalfandegamento de mercadorias destinadas à importação/exportação temporária (p. ex. feiras, estaleiros de construção no estrangeiro etc.).
  • LOADS TODAY

    LOADS TODAY, a bolsa líder da Europa em cargas completas, é uma plataforma de internet da LKW WALTER, para parceiros de transporte.
    Uma vantagem essencial da LOADS TODAY consiste no facto de os parceiros de transporte da LKW WALTER apenas encontrarem cargas completas na LOADS TODAY contratadas e pagas pela LKW WALTER.



    Bolsa de transportes LOADS TODAY

  • LTL

    LTL é a abreviatura inglesa para "Less than Truck Load" (carga parcial).

M

  • Malhal

    O malhal é a parede dianteira do reboque.
  • Material de aramida

    A aramida é um material especial para tetos de lona. A aramida é amarela e resistente ao fogo.
  • Modelo de sistema de rotação

    No modelo de sistema de rotação, as nossas empresas de transporte estão permanentemente em circulação entre dois países (p. ex. Alemanha - França - Alemanha).
  • Multilock para fixação da mercadoria

    O multilock é um perfil de aço no pavimento do reboque (na estrutura esquerda e direita) com pontos de fixação alinhados para cintas.

N

  • Neutralização

    Na neutralização a origem ou o destino da mercadoria ficam registados no local de carga u de descarga. Distingue-se entre neutralização de valor e de nome.

P

  • Packlist

    Uma packlist é uma listagem de unidades de embalagem. A mesma serve para a determinação precisa do âmbito e da natureza da mercadoria.
  • Paperliner

    Um paperliner é um reboque especial para carregamentos de papel com um sistema de carregamento e de descarregamento automático (carris Joloda, corrediças Joloda).
  • Pavimento antiderrapante

    O pavimento antiderrapante consiste atualmente num revestimento comum do pavimento de madeira (placas) no reboque.
  • PPE

    PPE = Personal Protective Equipment (Equipamento de Proteção Individual)

    Os seguintes sinais de segurança prescrevem a utilização permanente do equipamento de proteção individual: capacete de proteção (EN 397), óculos de segurança (EN 166/EN 166-3), proteção dos ouvidos (EN 352), roupa que cubra a totalidade do corpo, colete refletor (EN 471), luvas de trabalho (EN 388) e sapatos de segurança com biqueira de aço (EN 20345 S1)



    Videoclipe sobre o Equipamento de Proteção Individual (EPI)

  • Proteção à retaguarda do veículo contra encaixe (lateral, traseira)

    A proteção à retaguarda do veículo contra encaixe consiste num equipamento de segurança existente em reboques e camiões, que serve para que, na ocorrência de acidentes, outros utentes da estrada não se enfaixem debaixo do veículo.

R

  • Reboque XL

    Contrariamente aos reboques standard, o reboque XL apresenta na sua construção características que apoiam positivamente a segurança da carga, p. ex. parede frontal reforçada, 4 fechos de porta, lonas reforçadas, no mín. 32 barras laterais, montagem mais resistente e lonas laterais reforçadas.

    A nossa própria frota de reboques consiste exclusivamente em reboques XL.



    Ver também EN 12642 XL.

  • Reserva on-line

    Reserva de ordens através do nosso portal do cliente online CONNECT.



    Ver também CONNECT.

  • Respact

    A respACT é a plataforma de empresas austríaca para a Corporate Social Responsibility (CSR) e o desenvolvimento sustentável. Enquanto impulsionadora, a respACT apoia as suas empresas membro fornecendo-lhes notícias e informações atuais relativamente às economias sustentáveis, possibilidades regulares para a criação de redes, bem como ofertas para o desenvolvimento de competências. As "responsible actions" têm como objetivo uma modernização social, ecológica e económica das seguintes áreas: liderança e estruturação, mercado, colaboradores, ambiente e sociedade. (www.respact.at)
  • Responsible Care

    Uma iniciativa mundial e voluntária da indústria química com o objetivo de melhorar a situação da saúde, da segurança e do ambiente através de autocontrolos rígidos.

    Certificados

  • Roquete de alavanca curta

    O roquete de alavanca curta, designado também de roquete de pressão, serve de elemento de tensão na segurança da carga com cintas. Desde Abril de 2004 que, de acordo com a norma EN 12195, um roquete de alavanca curta deve apresentar forças de pré-tensão de 250 a 350 daN.



    Ver também Roquete de alavanca longa.

  • Roquete de alavanca longa

    O roquete de alavanca longa, designado também de roquete de tensão, serve de elemento de tensão na segurança da carga com cintas. Desde Abril de 2004 que, de acordo com a norma EN 12195, um roquete de alavanca longa deve apresentar forças de pré-tensão de 375 a 500 daN.



    Ver também Roquete de alavanca curta.

S

  • Segurança de carga combinada

    No caso da segurança da carga combinada, são combinados elementos de segurança da carga por união positiva e conexão friccional. A mercadoria é, p. ex., carregada na extremidade frontal e amarrada com cintas por meio de união positiva e conexão friccional. Na prática, este é um método frequentemente utilizado na segurança da carga.



    Tipos de segurança da carga

  • Seguro de transporte

    O seguro de transporte é um seguro de mercadoria. O seguro inicia a partir da carga da mercadoria no local de levantamento acordado e termina com a respetiva descarga. O mesmo cobre danos que excedem o âmbito de responsabilidade do transportador, de acordo com o CMR. A realização de um seguro de transporte separado é efetuada por ordem e às custas do adjudicante.
    As Condições Gerais de Seguro de Transporte Austríacas (Allgemeinen Österreichischen Transportversicherungs-Bedingungen - AÖTB 1988) formam a base legal nesse sentido.
  • Selo alfandegário

    Um selo alfandegário (selo aduaneiro) pode ser colocado pelas autoridades alfandegárias, quer no espaço de carga do camião (= selagem do espaço), quer também na unidade (selagem da unidade ou embalagem) no transporte de mercadorias sujeitas a direitos aduaneiros.
  • Separadores

    Os separadores são barras de suporte laterais e verticais e são uma parte constituinte do reboque.
  • SHEQ

    SHEQ = Safety, Security, Health, Environment, Quality

    Em 2005, a LKW WALTER reuniu as áreas da segurança/saúde, ambiente e qualidade. Em 2008 foi implementado o sistema de gestão de segurança. Desde então os temas mencionados encontram-se reunidos sob o termo SHEQ.



    SHEQ-Management

  • Short Sea Shipping

    Short Sea Shipping corresponde ao transporte marítimo de mercadoria dentro de um continente.
    Para a LKW WALTER, o mesmo representa umas das possíveis vias de circulação no transporte combinado.



    Ver também Transporte combinado.

  • Spring-Lashing

    Método de segurança da carga por união positiva para a proteção contra as forças exercidas contra a direção de circulação. É utilizado na indústria química.



    Ver também União positiva.

  • SQAS

    SQAS = Saftey & Quality Assessment System

    A avaliação pelo SQAS consiste num sistema que foi desenvolvido pela CEFIC, a "European Chemical Industry Council" (Associação da Indústria Química Europeia). A avaliação deve ser renovada a cada 3 anos e serve de ferramenta para qualificar a qualidade, a segurança (segurança pessoal e material), o comportamento ambiental, bem como as medidas CRS das empresas de transportes e de logística de modo unifrome.
    A LKW WALTER foi, desde logo, avaliada pela primeira vez pelo SQAS em 1995.
  • Suportes de fixação

    São barras no reboque ancoradas no pavimento do veículo. Os suportes de fixação servem de elemento de segurança da carga, nos quais a mercadoria pode ser fixada.

T

  • T1, T2, T-

    T1, T2, e T- são documentos de trânsito alfandegário para autorização de mercadorias sujeitas a direitos aduaneiros entre os 27 Estados-Membros da UE, a Noruega, a Islândia, a Turquia e a Sérvia.
  • Tacógrafo

    O tacógrafo é um dispositivo eletrónico que regista essencialmente os tempos de condução e de descanso.
  • Taipais

    O taipal (parede exterior lateral) é uma delimitação estrutural da superfície de carga, que serve para evitar a queda da mercadoria.
  • Tapetes antiderrapantes

    Segurança da carga através de meios que servem para aumentar o coeficiente de atrito. Os mesmos são compostos por materiais antiderrapantes, como, p. x., granulado de borracha, materiais em fibra ou cartão revestido.
  • Tautliner

    O Tautliner consiste numa galera em lona sem taipais.
  • Terminal (comboio/ferry)

    Um terminal no transporte combinado (estrada-comboio/barco) é uma instalação para a transferência de unidades de carga (semi-reboque, contentor) em estações ferroviárias e portos.
  • Tração de semi-reboques

    Quando nos referimos a transportes de cargas em semi-reboques estamos a referir-nos à realização do trajeto inicial e final nos transportes combinados, ou seja, o transporte dos semi-reboques da LKW WALTER desde o local de carga até ao terminal/porto e/ou vice-versa.



    Ver também Transporte combinado.

  • Transporte combinado

    Para facilitar um transporte o mais económico e ecológico possível, as várias componentes do transporte combinado por camião, carril e barco são combinadas entre si de forma eficiente.

    • Comboio/barco para o percurso principal (solução de transporte ecológica)
    • Camião para o funcionamento anterior e posterior (carregamento e entrega flexíveis)

    Transporte combinado

  • Transportes intermodais

    Ver também Transporte combinado.

U

  • União positiva

    A união positiva é um tipo de segurança da carga.

    No caso da segurança da carga por união positiva, a mercadoria é diretamente carregada e sem espaços de carga no limite do espaço de carga (parede frontal, parede lateral, separadores etc.).
    O carregamento por união positiva aplica-se em combinação com reboques XL enquanto método especialmente eficiente da segurança de carga.



    Tipos de segurança da carga

V

  • Valor de fricção µ (mü)

    Quando a carga se encontra sobre a superfície de carga, forma-se fricção entre a mercadoria e o pavimento do reboque que é expressa pelo valor de fricção. Este serve para calcular a capacidade de deslizamento da carga e a quantidade necessária de cintas.

W

  • WAB

    WAB = Wechselaufbau (Caixas móveis)

    As caixas móveis são essencialmente utilizadas no transporte combinado por carril/estrada.
    As caixas móveis da frota da nossa própria empresa satisfazem os mais elevados requisitos de segurança de carga. (Verificação de acordo com a norm EN 12642 XL). Atualmente temos mais de 200 unidades destas em utilização.



    Frota de reboques da LKW WALTER

^ - Top

Este Website utiliza Cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário possível. Ao clicar em "Aceitar", está a indicar-nos que aceita a utilização de Cookies. Se desejar anular determinados Cookies, clique em Aqui. Encontrará mais informações acerca do tratamento de dados nas nossas Condições de Utilização e nos nossos Política de Proteção de Dados.

Aceitar